Ivan, Ana e Valentina in Germany

Muitas pessoas querem saber como é viver na Alemanha... aqui vamos nós...

E outras irão apenas ler pra matar a saudade...

Para tentarmos responder a todos... "um pouco de nossas vidas estará aqui".


quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Por que a Alemanha é diferente? (Reportagem da revista Época do dia 23/01)

Li esta reportagem da revista Época que é bem recente (do dia 23 de janeiro) através do blog " Minerinha na Alemanha" e achei interessante postar para os meus amigos mas um pouquinho de informação sobre a Alemanha e porque é considerada hoje ainda uma super potência.

"Os alemães estão no meio da crise europeia, e mesmo assim sua economia mantém o vigor, a confiança e o poder para afetar o mundo, incluindo o Brasil. Qual é o segredo?" (Revista Época)

Para ler a reportagem é só clicar no link que deixei na frase " Qual é o segredo?" (acima)
Abraço
Ana

12 comentários:

  1. Olá Ana, a Alemanha é um país admirável, vc vai ficar mais impressionada ainda quando chegar aqui.
    Neste último final de semana estive em Dresden novamente e lembrei de vc, ela está cada dia mais bela.
    Beijos e um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Angela... que boa noticia!
    adoro seu alto astral, coloca a gente pra cima. É bom ter pessoas assim ao redor... Mias, uma vez obrigada pelo carinho.
    Assim, que me estabelecer, irei tentar te ver...ok!
    beijos com carinho
    Ana Gaspar
    PS. Sempre estou lendo seu blog e suas viagens maravilhosas pela Alemanha. Hum!!! cada lugal, não vejo a hora de estar aí apreciando ao vivo e vivenciando minha vida neste país que como vc disse parece maravilhoso.

    ResponderExcluir
  3. Uma coisa que os alemães fazem bem é pensar no futuro. Independente de crise, todo alemão que se presa é meio mão de vaca. Ficar gastando dinheiro a toa não é com eles.
    Você tem uma filhinha, né? Sabia que aqui eles não costumam fazer festinha de aniversário de criança como nós no Brasil? Para eles, é muito dinheiro fazer festinha com docinhos, salgadinhos, etc... Alias, para a maioria das famílias, as crianças menores de 10 anos tomam banho apenas uma vez por semana, para não gastar com água!
    Andar super bem arrumado também é desperdício de dinheiro, para eles. Já fui em casamentos alemães em que as pessoas não estavam arrumadas como agente costuma se arrumar no Brasil. Vestido então? É coisa para modelos apenas... Unha, cabelo, roupa, tudo isso são gastos que os alemães tradicionais poupam e muito.
    Ao contrário da sociedade norte americana, que entra no limite do cartão de crédito, aqui na Alemanha se usa muito o dinheiro em espécie. Inclusive, muitos lugares não aceitam cartão! Com tanta solidez, é de se esperar que possuam uma economia mais estável, pois se apegam naquilo que é realmente importante.

    ResponderExcluir
  4. Já li muito coisa engraçada a respeito das festas mesmos... Vai ser uma mudança radical... a Valentina adora festinhas, isso ela vai sentir tadinha... mas damos um jeito de fazer em casa uma festinha a "La Brasil"... rs
    bj

    ResponderExcluir
  5. Ana, você tá tão empolgada que é contagiante. Muito legal acompanhar esse processo todo de mudança, mas eu preferia mesmo que tivesse dado certo de vocês virem pra cá. Imagina como teria sido legal. Anyway, o que importa é que algo novo e positivo está acontecendo na vida de sua família, na carreira do Ivan, novas oportunidades para vocês e a pequena Valentina. Ano passado nós íamos viajar para o Leste Europeu, Áustria e Alemanha, mas cancelamos porque fiquei grávida e não deu para encaixar a viagem no começo da gestação. Este ano o Oliver é muito bebezinho e europa não está nos planos de viagem, mas ano que vem planejamos voltar.Onde você vai morar é perto de Berlim ou Monique? Tem ideia? De repente calhava da gente se encontrar por lá. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Eliane...
      se viu a empolgação... tem que estar neste clima, pois o baque sentimental vai ser foda amiga!!!! se vai...
      Bom, quem sabe depois do doutorado a gente nào muda pra aí... eu adoraria e toparia... nós gostamos muito quando estivemos aí...
      Bom, sobre a localização Dresden fica pertinho de Berlim, 1:30 hs, de trem é rapidinho! Seria o máximo nos encontrarmos em Berlim... imagina??
      Ou até mesmo Dresden... o convite esta feito!
      Cara você esta viajando legal com o Oliver, achei isso o máximo. Lembro quando a Valentina estava com 1 ano e 4 meses, nós fizemos uma viagem para Buenos Aires / Bariloche, putz teve gente que me criticou de leva-lá... e foi tranquilo. A vida tem que continuar, adaptada com eles, vejo inúmeros casais com crianças viajando, tem uns stress, mas da certo!
      beijao pra vc e pra family...

      Excluir
  6. Oi Ana,
    A Alemanha parece uma ilha de prosperidade rodeada por um mar de incertezas. E os motivos ficam claros, tanto ao ler a entrevista, quanto morando por lá.
    É de tirar o chapéu o quanto aquela moçada trabalha duro, gosta das coisas certas, de pagar em cash, de viver dentro dos limites.
    Bjim
    Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia,
      que bom ouvir mais isso... ainda
      mais vindo de você que viveu por lá 3 anos, sabe do que esta falando. Igual ao comentário da Angela acima, que também vive lá a muitos anos...
      O Ivan esta dando uma sorte, pois criticaram tanto os alemães quanto a receptividade, puxa o pessoal que esta trocando e-mail(s) com ele, são super cordiais, prestativos, já se ofereceram para ajuda-lo a ir na prefeitura, estão ajudando no processo de casa, bom não sei se estava esperando uma muralha de gelo, pra começo esta ótimo...
      Queria muito que você ainda estivesse por lá... :)
      Mas, o que vale e vc estar feliz, né!
      beijossss

      Excluir
    2. Oi Aninha,
      Vocês vão se surpreender muito daqui pra frente. Muitas vezes o que a gente ouve de um povo não se concretiza na vivência, outras coisas sim. Quando eu fiz minha pós-graduação em Dresden, eu imaginava que os professores seriam uns carrascos sérios. E quando o primeiro professor entrou na sala de aula e fez uma piada, eu pensei: Uai, esse povo consegue ser engraçado, que bacana!!!
      Em muitas ocasiões, o jeito jocoso e muito respeitoso deles me surpreendeu. Em outras ocasiões, o excesso de seriedade me chocou. Enfins querida... Deus vai colocar anjos na vida de vocês lá na Alemanha. Anjos alemães!
      Amém!!!
      Bjim
      Márcia

      Excluir
  7. oi tia,
    adorei seu blog
    Duda

    ResponderExcluir
  8. oi tia,eu li um pouquinho do seu blog e achei um massimo. bj
    duda

    ResponderExcluir
  9. E aí fofa, Bom Dia...

    Como estão as coisas, e o coração, cada vez mais pequeninho? Nunca se esqueça que sempre estarei aqui, viu?

    Beijinhos, saudades, Vi.

    ResponderExcluir

Páginas